quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

A luz que ilumina os homens

“Pois ao que tem será dado, e ao que não tem mesmo o que tem lhe será tirado”
Marcos, 4: 25

Esse versículo esta inserido na parábola da candeia.
Nas suas parábolas Jesus servia-se de figuras alegóricas como objetos ou a natureza para elucidar aos que ouviam.
Somos avaliados de acordo com nossas possibilidades de saber e discernir - de certa forma somos "protegidos" pela nossa ignorância - que faz parte do nosso ciclo evolutivo, quero dizer que Deus avalia nossas condutas de acordo com o estágio evolutivo em que nos encontramos.
Nossos compromissos perante a existência aumentam conforme nossos conhecimentos (que são nossos tesouros da alma) aumentam.
Aquele que conhece o Evangelho de Jesus deve agir de acordo com seu conhecimento ou não poderá se eximir de culpa e devemos lembrar que as leis divinas devem ser expostas por aqueles que já tiveram a felicidade de conhecê-las, de forma a esclarecer a todos.
Aos que conhecem e praticam os ensinamentos de Jesus muito lhe será dado.
Irradie tua luz através dos teus atos nobres e assim fará que os outros bendigam a Deus.

domingo, 16 de outubro de 2011

Alegria

“Assim também vós estais agora na tristeza; mas eu vos verei de novo, o vosso coração se alegrará e a vossa alegria ninguém vo-la tirará”
João 16: 22


Falar sobre alegria é sempre bom, mas vamos entender o que Jesus quis nos ensinar.
A alegria verdadeira não deve ser confundida com momentos de divertimento que provocam sensações simplesmente emocionais. A verdadeira alegria se encontra onde a inspiração de Deus vibra - Alegria significa "Louvai com júbilo o Senhor".
A alegria começa quando temos a direção de nossas vidas em nossas mãos. Com alegria e paciência podemos conquistar muitas coisas.
Alegria é a manifestação da felicidade, e a felicidade não deve ser baseada em fatos superficiais e ilusórios. É importante buscar a felicidade em bases sólidas e não no ter ou não ter.
A felicidade é construída aos poucos, através do progresso do nosso entendimento.
Seja otimista e veja qualidades ao seu redor. O otimismo nos traz surpresas positivas.
E quando a tristeza se instalar em seu coração, não deixe que ela fique por muito tempo.
A alegria está dentro de cada um de nós, movimente-a dentro de você!

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Autoconhecimento

Paulo, II Cor. 13: 5

“Examinai-vos a vós mesmos.”

Examinar-se é uma forma de termos conhecimento de nós mesmo. É conhecer nossos sentimentos, tendências, atitudes...
O autoconhecimento permite nos conhecer de forma gradativa e nos possibilita entender o que precisamos mudar em nós, além disso amplia nossos potenciais adormecidos, possibilitando o crescimento dos aspectos positivos da nossa natureza humana, e assim podemos diminuir nossas limitações.
É necessário conhecer-se, não para condenar-se ou sofrer com a culpa.
Jesus foi um psicoterapeuta por excelência com uma abordagem moderna. No sermão da montanha Ele sugeriu que conhecêssemos a nós mesmo.
Ele nos mostrou como é fácil visualizarmos as dificuldades dos outros e como é difícil vermos nossas próprias dificuldades.
Perceba os valores da alma que Jesus nos transmitiu e veja se a fé em Cristo existe em você. Modifique seu mundo interior e busque assim minimizar suas limitações.
Viver na fé nos indicará o caminho para Jesus!

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Exilados de Capela

Como o progresso é da lei, um dia a Terra atingirá o ponto máximo do atual ciclo evolutivo e passará para a categoria de Mundo de Regeneração, e assim por diante.

terça-feira, 14 de junho de 2011

Vamos buscar a paz?

I Pedro, 3: 11

“Aparte-se do mal, e faça o bem; busque a paz, e siga-a”.

Muitos momentos nos trazem medo e insegurança, mas quando isso ocorrer devemos ter calma e paciência para vencê-los e devemos valorizá-los, pois é através dos momentos difíceis que podemos crescer.
Mas o que nos falta para que possamos encontrar a paz que buscamos?
Pedro nos diz que devemos fazer o bem, ou seja, colocar em prática o evangelho de Jesus e vivenciar seus ensinamentos, principalmente: Amar a Deus e amar ao próximo como a si mesmo.
Modifique seu modo de amar e sentir. Tenha bons pensamentos e visualize tudo o que deseja, e evite pensamentos negativos.
O amor constrói e mantém a harmonia (com os outros e com Deus).
Coloque amor e carinho nas suas atitudes e repare como as situações melhorarão.
Espere do próximo o que você pode dar e faça ao próximo o que gostaria que te fizessem.
A paz que buscamos depende somente de nós!
O bem e o mal fazem parte de todos, mas qual deixaremos vencer?
Isso você escolhe!

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Vamos plantar bons frutos?

Paulo, Gálatas, 6: 7

“Não vos iludais: Deus não se deixa ludibriar; pois tudo o que o homem semear, isso também ceifará”.

Na parábola do semeador podemos ver a maneira pela qual cada ser recebe os ensinamentos de Jesus. Seus ensinamentos devem ser sementes que “caem” em nossos corações e devem florescer.
Fazer o bem sem olhar a quem – É o que devemos fazer!
A semente numa boa terra dará bons frutos. Assim também ocorre com as pessoas de boa vontade.
Não há imposição, é só um convite que Jesus nos faz para que possamos melhorar nossas ações. Nós temos o livre arbítrio e não mais podemos alegar ignorância para justificar nossos equívocos.
Todos recebem o que plantam (seja em ações ou pensamentos). Se plantarmos afeto e bondade, colheremos alegrias!
Espalhe a semente do amor, da tolerância, da compreensão – não é isso que você gostaria de colher?
O dia de amanhã é o que fizermos hoje – colher bons frutos só depende de nós!